Infelizmente, é muito comum ocorrerem erros em obras, já que muitos fatores podem contribuir para que isso aconteça. O problema é que essas falhas podem comprometer todo o andamento da obra.

Basicamente, uma obra tem três fases: o planejamento, o projeto e a execução. Portanto, é muito importante identificar em qual delas está o problema e procurar resolvê-lo para que ele não afete as outras fases.

Para isso, listamos os erros mais comuns para ajudar você a diminuir os problemas causados por eles. Acompanhe!

1. Erros de planejamento de obras

Como o planejamento é a primeira fase da obra, as principais consequências das falhas que acontecem nessa fase são: atraso na entrega final, aumento do custo com material e mão de obra ou até mesmo a qualidade de toda a obra.

Fazem parte dos erros de planejamento:

  • falta ou falha na elaboração do orçamento e do planejamento;
  • falta de projetos (arquitetônico, de iluminação, hidráulico etc.);
  • economia na contratação de mão de obra especializada;
  • não elaboração de cronogramas.

Para que esses e outros problemas não aconteçam na sua obra, não abra mão do planejamento de obras. Antes de iniciar a construção, faça todos os projetos, orçamentos detalhados, estimativas de gastos de materiais etc. Ao fazer isso você elimina uma grande quantidade de problemas na sua obra.

2. Erros de projeto

A fase de elaboração dos projetos é muito importante e deve ser feita com muita atenção. Erros nessa fase podem causar problemas estruturais gravíssimos e retrabalho.

Alguns erros de projeto são:

  • falta de detalhamento do projeto, como memorial descritivo;
  • falta de informações como cota, níveis e alturas;
  • falhas na distribuição de pontos elétricos e hidráulicos;
  • escolha de materiais de baixa qualidade;
  • falhas na elaboração do projeto, que podem comprometer a estrutura.

Para evitar esses problemas, é muito importante que o projeto seja feito por profissionais competentes.

Além disso, para evitar problemas no futuro, faça uma integração entre todos os projetos da obra. Ao juntar os projetos, fica mais fácil encontrar possíveis falhas.

3. Erros de execução da obra

Os erros de execução de obra normalmente são operacionais, causados por falhas na hora de fazer as tarefas. Além disso, podem acontecer erros por causa de falhas nas duas fases anteriores.

Um problema muito grave na hora da execução é a falta de comunicação e integração entre o pessoal do projeto e o da execução do serviço. Alguns erros de execução de obra que são muito comuns são:

  • deixar de seguir as recomendações dos fabricantes ao preparar e aplicar materiais como argamassas e rejuntes;
  • não seguir as indicações do projeto;
  • falhas na execução do nivelamento de pisos e paredes;
  • desperdício de materiais.

Para diminuir esses problemas e evitar retrabalhos, é muito importante seguir todas as instruções do projeto. Além disso, é importante seguir as recomendações do fabricante e as normas técnicas.

4. Um dos piores erros em obras: falhas na segurança

As falhas na segurança podem ser consideradas um dos piores erros. Falhar com a segurança pode ter consequências gravíssimas, como sérios acidentes de trabalho ou até mesmo a morte.

Por isso, é fundamental seguir as normas de segurança durante a execução da obra, bem como utilizar todos os equipamentos de proteção individual.

A quantidade de problemas que podem acontecer durante a construção é muito grande e em todas as fases, mas seguindo as recomendações para evitá-las, você melhora a qualidade e a produtividade da sua obra.

Agora que você já sabe como evitar erros em obras, compartilhe este artigo nas redes sociais para que outras pessoas fiquem por dentro do assunto!


Os comentários estão fechados.