Com a grande variedade de pisos e revestimentos que existem hoje no mercado, fazer seu trabalho com qualidade é a melhor maneira de se destacar. Para isso, você precisa conhecer as principais ferramentas para tornar sua rotina cada vez melhor, mais ágil e fácil!

Na hora de fazer a instalação dos revestimentos, é importante tomar alguns cuidados especiais, como fazer o corte perfeito dos materiais, um assentamento bem nivelado, a aplicação adequada de argamassas e rejuntes etc. Por isso, usar a ferramenta certa é muito importante.

Se você é azulejista ou pretende se tornar um, conheça 8 ferramentas para facilitar seu trabalho e que vai te acompanhar no seu dia a dia. Confira!

1. Nível a laser

Os níveis são ferramentas que você não pode ficar sem. O nível a laser ajuda muito na instalação de revestimentos, visto que ele produz um feixe de luz que marca onde as peças devem ser colocadas para ficarem no nível certo.

Você pode usar a ferramenta tanto para instalar pisos quanto para revestimentos em paredes. Para isso basta usar o tripé que vem junto com a ferramenta. Ao regular a altura, o feixe de luz se desloca para cima ou para baixo.

2. Máquinas cortadoras

As máquinas cortadoras são uma das principais ferramentas que você deve ter. São ideais para cortar materiais como cerâmica, porcelanatos, vidros e mosaicos.

Existem no mercado várias opções de tamanhos e capacidades, o que torna possível sua utilização para o corte de grandes formatos de porcelanato.

3. Niveladores de piso

Os niveladores de piso são um conjunto de ferramentas que você pode usar quando estiver assentando o piso. Eles servem para evitar que o piso fique desnivelado. Além disso, são ideais tanto para utilização em pisos de grandes formatos quanto para os de baixa espessura.

É uma ferramenta que tem dupla função, a de espaçador e a de nivelador. O kit é formado por clips, que são descartáveis; as cunhas, que você pode reaproveitar por mais um tempo; e pelo alicate de tração, que você deve usar para garantir o encaixe perfeito da cunha nos clips.

4. Torqueses

Outro item que não pode faltar na sua caixa de ferramentas é o torquês, que é um tipo de alicate com cortes nas pontas. Essa ferramenta é ideal para fazer cortes e furos em materiais como cerâmica, pastilhas etc.

5. Desempenadeiras dentadas

Superimportante no seu dia a dia! As desempenadeiras são ferramentas para você usar na aplicação de argamassa e também servem para fazer o nivelamento da superfície. A desempenadeira dentada forma cordões ou ranhuras que servem para fazer o assentamento do revestimento.

Por isso, ao escolher a desempenadeira, tenha atenção à largura e formato dos dentes, já que o tamanho dos cordões formados pela desempenadeira deve estar de acordo com o tipo de revestimento que será assentado. Fique de olho no que diz na embalagem do produto escolhido!

Dica: substitua sempre a desempenadeira quando o desgaste de seus dentes for superior à 1mm.

6. Serra mármore

A serra mármore também é uma ferramenta indispensável para você, pois ela faz cortes em mármores, granitos, porcelanatos e muitos outros materiais.

Além disso, ela também faz furos e cortes em ângulos de até 45º, já que tem diversos tipos de discos de cortes, sendo cada um para um tipo de material e finalidade.

7. Martelo de borracha

No conjunto de ferramentas, o martelo de borracha é outro item indispensável. Você deve utilizá-lo para assentar pisos e revestimentos e, por ser de borracha, evita riscos e quebras dos materiais.

8. Espátula plástica para rejunte

Este é um tipo de espátula de plástico flexível, com estrutura anatômica e confortável.

Essa ferramenta é muito boa porque a sua mão vai se cansar menos quando estiver aplicando o rejunte. Por ter formato anatômico, ou seja, mais confortável para manusear, você consegue segurá-la com a palma da mão e com o polegar.

Além da utilização de ferramentas adequadas, para garantir um bom acabamento é muito importante que você utilize a argamassa e o rejunte de acordo com o tipo de revestimento que será assentado.

Agora que você já conhece as principais ferramentas para azulejista, que tal saber como escolher o tipo de rejunte ideal para a sua obra? Confira!


Os comentários estão fechados.