Para que uma obra seja bem realizada, um dos pontos que exige atenção é a organização do canteiro de obras. É muito comum ver que o armazenamento de materiais de construção não é feito adequadamente, resultando, muitas vezes, em desperdícios desnecessários.

É importante que os trabalhadores fiquem atentos à forma correta de manusear os materiais e guardá-los à medida que as etapas da construção forem acontecendo. Assim, é possível manter o canteiro bem organizado, além de evitar perdas e prejuízos!

Se você não sabe muito bem como fazer o armazenamento de materiais de construção em uma obra, continue a leitura para saber qual é a melhor forma de realizar essa tarefa e a sua importância no processo construtivo. Vamos lá?

Por que é importante organizar o canteiro de obras?

A falha na organização da obra pode causar problemas como atrasos nas etapas e na rotina dos operários, desperdício de materiais, dificuldade para encontrar os produtos e, até mesmo, acidentes. Por isso, é indispensável que os construtores saibam como guardar corretamente todos os itens necessários, evitando que eles fiquem danificados e sejam jogados fora.

Cada material tem sua forma correta de armazenamento — de acordo com o seu tipo, tamanho e aplicação —, e a boa organização ajuda na hora da execução das etapas construtivas, além de deixar a limpeza em dia e manter o canteiro livre de acidentes.

Como realizar o armazenamento de materiais de construção na obra?

Agora que você já conhece a importância de manter o canteiro de obras organizado, confira algumas dicas práticas para armazenar corretamente os materiais utilizados na construção.

Evite o contato do cimento com a umidade

Como o cimento reage ao contato com a água, o indicado é que ele seja armazenado em local impermeável. Sendo assim, os sacos podem ser colocados sobre paletes de madeira, ou até mesmo tábuas; o importante é que eles fiquem acima do chão.

Na hora de empilhar, é fundamental garantir que haja um espaço entre os sacos de cimento, para que não haja circulação de ar entre eles. E, para evitar que desmoronem no chão, o ideal é montar as pilhas com os sacos de forma alternada, mantendo, assim, um maior equilíbrio.

Coloque a areia em um local plano

Uma boa sugestão é colocar a areia sempre em um local plano, pois, como é um material fino, dependendo da inclinação ele pode acabar se espalhando pelo canteiro, provocado sujeira e desperdício.

Quando a areia não estiver sendo utilizada, o ideal é cobri-la com um plástico ou uma lona, para que não molhe ou tenha contato com a umidade, já que o excesso de água pode acabar afetando negativamente a qualidade do concreto que vai ser produzido.

Faça uma pilha baixa de tijolos e cubra-os

Neste caso, o empilhamento deve ser feito da mesma forma que os sacos de cimento, para que seja possível manter um equilíbrio. Portanto, não faça pilhas muito altas, pois, se alguma peça cair, pode resultar em acidentes ou na quebra do material.

Assim como é feito com a areia, a pilha de tijolos deve ser coberta com uma lona ou um pedaço grande de plástico, evitando a passagem de água e umidade, que podem fazer com que essas peças fiquem mais pesadas e percam parte de sua aderência à massa de cimento.

Posicione corretamente pisos e revestimentos

Peças como essas devem ser posicionadas corretamente, visto que são frágeis e quebram com muita facilidade. Além disso, usar itens danificados não é recomendável por aumentar as chances de dano ao material, além de prejudicar a apresentação visual.

Coloque as telhas inclinadas

Com as telhas, o processo é um pouco diferente: elas devem ser posicionadas de forma inclinada, garantindo um apoio mais firme, aumentando o equilíbrio e evitando que elas quebrem durante o armazenamento.

Por fim, é essencial que os construtores saibam que, quando os materiais, equipamentos e ferramentas estão adequadamente organizados, a logística da obra fica mais fácil, reduzindo o tempo da construção e as etapas a serem executadas, facilitando o trabalho dos operários.

Gostou de aprender mais sobre o armazenamento de materiais de construção? Gostaria de conferir outros conteúdos como esse? Então, assine a nossa newsletter e acompanhe as nossas novidades!


Os comentários estão fechados.